Notícias
LUTO NA MÚSICA
23/07/2016 08:44
Morre no Rio Lidoka, ex-cantora das Frenéticas
Lidoka tinha 66 anos e lutava contra um câncer. Filho informou sobre a morte da mãe em rede social.
As Frenéticas (Foto: Reprodução / Facebook de Igor Bandoca)

Morreu no rio de Janeiro, na noite desta sexta-feira (22), a cantora Lidoka Matuscelli, aos 66 anos, ex-integrante das Frenéticas, informou seu filho, Igor, em rede social. As Frenéticas fizeram sucesso entre os anos 1970 e 1980, incendiando as danceterias com músicas como “Dancin' days”, “Perigosa” e “Feijão maravilha”.

Lidoka enfrentou um câncer durante 10 anos.

Música das Frenéticas abria novela 'Dancin' Days' (Foto: Divulgação)

"Ela estava em casa. A cortina se fechou em seu quarto, com muita paz e tranquilidade. Foi por volta das 22h (desta sexta-feira)", afirmou o filho de Lidoka, Igor Machado, ao jornal "O Globo".

O filho Igor Bandoca anunciou a morte da mãe no Facebook. “Informo a todos que minha mãe, a eterna Frenética, voou há duas horas. Agora irá curtir as energias do céu! Que sorte tive em poder me despedir, aceitar e entender sua ida. Agradeço muito a todos, vocês ajudaram muito a seu espírito subir com paz. Foi supertranquilo, em paz. Como um passarinho, palavras do enfermeiro que estava acompanhando ela. Grande bj a todos!”, postou no perfil da cantora.

Filho Igor anuncia no Facebook a morte da mãe, Lidoka (Foto: Reprodução / Facebook de Lidoka)

Durante a madrugada deste sábado (23), o filho Igor postou um longo texto para homenagear a mãe. "Inesquecível ela brincando comigo", escreveu.

Leiloca, que também integrou as Frenéticas, homenageou Lidoka no Instagram e no Twitter (Foto: Reprodução / Twitter de Leiloca)

Leiloca

A ex-cantora Leiloca, que também integrou as Frenéticas, homenageou Lidoka no Instagram e também no Twitter. “Taurina, guerreira, divertida, sua luta não foi em vão. Agora acabaram-se as limitações e você pode voar”, escreveu.



Fonte: G1

Veja também