Notícias
0 alimentos que turbinam
11/08/2017 11:39
0 alimentos que turbinam o cérebro e podem melhorar a inteligência e o desempenho escolar das crianças!
Você já deve saber que o tipo de alimento que consumimos influencia o desenvolvimento do cérebro.

 

Se, por exemplo, a dieta de uma criança for pobre em nutrientes, com certeza ela terá bastante limitação cognitiva.

 

Uma alimentação de qualidade é indispensável a qualquer um, mas as crianças são as mais beneficiadas.

 

Isso porque elas estão em fase de crescimento, desenvolvendo a mente, o corpo e fortalecendo o sistema imunológico.

 

Para que seu filho cresça forte e inteligente, você deve oferecer alimentos saudáveis e específicos, como:

 

1. Nozes

 

Este alimento está entre as melhores fontes de ômega 3.

 

Para quem não sabe, ômega 3 é um grande reforço para o desenvolvimento do cérebro, pois produz DHA, um elemento essencial para a saúde neurológica.

 

Além disso, é rico em vitamina E e favorece a atividade cognitiva.

 

2. Abacate

 

Esta fruta tem uma gordura boa, que é muito benéfica para o cérebro, pois fornece nutrientes.

 

 

 

Quando se é muito jovem, e se consome abacate regularmente, o desenvolvimento cognitivo é potencializado.

 

3. Maçã

 

Além de ser saborosa, contém um antioxidante chamado quercetina, que é excelente para o cérebro.

 

E tem mais: o antioxidante também ajuda a impedir a queda de nas habilidades cognitivas e ajuda a manter a criançada bem concentrada durante o dia todo.

 

4. Farinha de aveia

 

Sabemos que cereais podem ser um alimento ruim para dar às crianças, pois contêm muito açúcar.

 

No entanto, é muito comum que os pais, em algum momento, precisem oferecer uma comida prática, por causa da correria.

 

Então, neste caso, aposte na farinha de aveia.

 

Ela tem nutrientes essenciais, além de absorver o colesterol ruim da corrente sanguínea, mantendo, assim, as artérias do cérebro completamente limpas.

 

Todos esses benefícios ajudam a criança a garantir uma boa memória.

 

inteligencia_-_filhos.jpg

 

 

 

5. Ovo

 

Este é um dos alimentos mais nutritivos.

 

Por isso é excelente para o funcionamento de todo corpo e não apenas do cérebro.

 

A gema de ovo ajuda a formar o neurotransmissor acetilcolina, que facilita a comunicação entre as células e aumenta a memória.

 

6. Iogurte

 

Iogurte contém cálcio e proteína, gorduras boas e probióticos.

 

Toda essa composição garante a saúde neurológica, o desenvolvimento do cérebro e o bom humor.

 

7. Verduras verdes

 

As verduras verdes, como brócolis, couve e agrião, são carregados de vitaminas, minerais e antioxidantes poderosos.

 

 

 

Assim, são excelentes para a proteção do cérebro contra os possíveis danos dos radicais livres.

 

E não é só isso: também melhorar o funcionamento cognitivo e impede a redução de funções neurológicas.

 

Sabemos que as crianças não costumam ser fãs de verduras, mas com um pouco de criatividade dá para convencer, não é verdade?

 

As crianças são muito visuais, você pode preparar um prato de decorado com formato de bonecos.

 

Outra vantagem é que têm muita vitamina e sais minerais.

 

8. Peixe

 

Este alimento é excelente para o cérebro, principalmente o salmão selvagem, a sardinha e a cavala.

 

Isso porque são peixes com gordura saudável, como ômega 3.

 

Acrescente peixe na dieta do seu filho para que ele cresça com uma boa memória e habilidades mentais bastante desenvolvidas.

 

O peixe também tem vitamina D, que é essencial para nossa saúde.

 

9. Azeite extravirgem de oliva

 

É um alimento  rico em ácidos graxos monoinsaturados, ou seja, é maravilhoso para o desenvolvimento do cérebro.

 

Portanto, recomendamos que você troque o óleos vegetais (canola, milho e soja, por exemplo) pelo azeite de oliva extravirgem.

 

Isso vai permitir que os alimentos que necessitam de óleo sejam um pouco mais saudáveis feitos com azeite.

 

10. Amêndoas

 

Assim como as nozes, é rica em ácidos graxos.

 

Outra excelente opção para estimular o crescimento cognitivo do seu filho.

 

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte: Cura pela natureza

Veja também